Projeto Semana dos Deficientes


EEB JULIUS KARSTEN
Tema: Em busca de igualdade estamos aqui.
Situação problema
Toda criança precisa da escola para aprender e não para marcar passo ou ser segregada em classes especiais e atendimentos à parte. A trajetória escolar não pode ser comparada a um rio perigoso e ameaçador, em cujas águas os alunos podem afundar. O sistema Educacional de ensino torna esse percurso fácil para ser vencido?
Justificativa
Sabemos que a inclusão é uma inovação, cujo sentido tem sido muito distorcido e um movimento muito polemizado pelos mais diferentes segmentos educacionais e sociais. No entanto, inserir alunos com déficits de toda ordem, permanentes ou temporários, mais graves ou menos severos no ensino regular nada mais é do que garantir o direito de todos à educação - e assim diz a Constituição!
Nesse intuito é que nossa Escola desenvolveu nesta semana o Projeto “Em busca de igualdade estamos aqui” com a finalidade de conscientizar, os alunos e professores de como devemos lidar e conviver de maneira sadia com as pessoas deficientes que fazem parte de nosso convívio escolar, bem como levar ao conhecimento dos alunos o entendimento e aprofundamento sobre Leis das diversas deficiências. 
Inovar não tem necessariamente o sentido do inusitado. As grandes inovações estão, muitas vezes na concretização do óbvio, do simples, do que é possível fazer, mas que precisa ser desvelado, para que possa ser compreendido por todos e aceito sem outras resistências, senão aquelas que dão brilho e vigor ao debate das novidades.
Objetivo Geral:
Participar das atividades com o intuito de clarear o sentido da inclusão, como inovação, tornando-o compreensível, aos que se interessam pela educação como um direito de todos, que precisa ser respeitado.
Objetivos Específicos:
·         Demonstrar a viabilidade da inclusão pela transformação geral da escola, visando a atender aos princípios deste novo paradigma educacional.
·         Focalizar nossas experiências, no cenário educacional expandindo  desafios provocados por essa inovação, no sentido de efetivá-la nas turmas escolares, incluindo os  trabalhos  e atividades de forma que possa clarear nos educandos  ideias inovadoras sobre inclusão.
·         Enfatizar que o princípio democrático da educação para todos só se evidencia nos sistemas educacionais que se especializam em todos os alunos, não apenas em alguns deles, ou seja, somente os com deficiência.
·         Fazer com que todos entendam que a inclusão de um ensino de qualidade para todos os alunos provoca e exige da escola novos posicionamentos, e é um motivo a mais para que a comunidade escolar se modernize aperfeiçoando suas práticas.
Avaliação
A avaliação constitui outro entrave à implementação da inclusão. É urgente suprimir o caráter classificatório da avaliação escolar, através de notas, provas, pela visão diagnóstica desse processo que deverá ser contínuo e qualitativo, visando depurar o ensino e torná-lo cada vez mais adequado e eficiente à aprendizagem de todos os alunos. Essa medida já diminuiria substancialmente o número de alunos que são indevidamente avaliados e categorizados como deficientes, nas escolas regulares.
       O sucesso da inclusão de alunos com deficiência na escola regular decorre, portanto, das possibilidades de se conseguir progressos significativos desses alunos na escolaridade, por meio da adequação das práticas pedagógicas à diversidade dos aprendizes. E só se consegue atingir esse sucesso, quando a escola regular assume que as dificuldades de alguns alunos não são apenas deles, mas resultam em grande parte, do modo como o ensino é ministrado. A aprendizagem é concebida e avaliada. Pois não apenas os deficientes são excluídos, mas também os que são pobres, os que não vão às aulas porque trabalham, os que pertencem a grupos discriminados, os que de tanto repetir desistiram de estudar.

ATIVIDADES ENVOLVENDO ALUNOS DE PRÉ AO ENSINO MÉDIO NA SEMANA NACIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.
Pré Escola: Pintura de desenhos sobre Deficiência Intelectual e Múltipla.
1º Ano: Pintura do desenho sobre Síndrome de Down.
2º e 3º Ano: Desenhos e frases sobre Inclusão Escolar.
4º Ano: Confecção de materiais adaptados ( como jogos) para trabalhar com os alunos com deficiência.
5º Ano: Pesquisa sobre o que é Inclusão Escolar, slides e desenhos.
6º Ano: Causas das deficiências intelectuais e Muiltiplas.
7º Ano: O que é deficiência intelectual e múltipla.
8º Ano: Pesquisa das Leis que garantem a inclusão.
1º anos Ensino Médio: Pesquisa de algumas Síndromes comuns que apresentam como conseqüência a Deficiência Intelectual.




















































Projeto Semana dos Deficientes Projeto Semana dos Deficientes Reviewed by EEB Julius Karsten on 10:05 Rating: 5

2 comentários:

  1. Olá Pessoal,

    Parabéns a escola pelo projeto. Realmente garantir o direito de todos à educação não é fácil. Primeiro temos que aprender a entender e como agir com cada diferença que encontramos pelo caminho... inserir alunos com deficiências de toda ordem na educação escolar passa por uma conscientização de todos. Projetos assim, ajudam e muito na aceitação,inclusão das diferenças.
    Um abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoal da Julius,

      Parabéns por essa iniciativa em envolver toda a comunidade escolar valorizando o processo de inclusão com todos os alunos onde todos são iguais nas suas diferenças.
      Através das exposições dos trabalhos constatamos o envolvimento de todas as disciplinas juntamente com seus professores falando e trabalhando o que vivenciam no dia a dia. A busca pelo conhecimento científico através da pesquisa contribuiu para o aperfeiçoamento de todos, assim é a inclusão...um dia ela tinha que acontecer... não só pelas leis, mas pelo direito a vida digna e as oportunidades de viver em sociedade.
      Quero ressaltar a palestra da professora da turma do 5º ano, que concluiu com as atividades com uma brilhante apresentação que servirá como argumento para a defesa das pessoas com deficiências. Com certeza, todos os que participaram desse momento: alunos, professores, direção, pais e demais da comunidade escolar, entenderão e defenderão a luta pelos direitos de cidadania e dignidade das pessoas com deficiências.
      Parabéns a todos que se envolveram neste projeto.

      Um abraço
      Izabel do Carmen Bertoldi
      Integradora de Educação Especial e Diversidade/GERED/SDR

      Excluir

Will Web Master. Imagens de tema por merrymoonmary. Tecnologia do Blogger.